O planejamento e a gestão do turismo sustentável na região de Bueno Brandão (MG/ Brasil)

Autores

  • Frederico Yuri Hanai Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), São Carlos/SP, Brasil
  • Evaldo Luiz Gaeta Espíndola Universidade de São Paulo (USP), São Carlos/SP, Brasil

Palavras-chave:

Turismo, Desenvolvimento, Planejamento, Gestão, Sustentabilidade, Bueno Brandão.­

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo analisar a situação atual do desenvolvimento do turismo na região do município de Bueno Brandão, localizado no sul do Estado de Minas Gerais, Brasil, visando propor recomendações para o seu planejamento e subsidiar a sua gestão, sob os princípios da sustentabilidade. Neste trabalho, diversos procedimentos metodológicos foram empregados para levantamento das condições atuais do desenvolvimento turístico: a identificação da estrutura administrativa e institucional da gestão do turismo; o levantamento dos recursos e atrativos turísticos existentes; a identificação dos estabelecimentos e dos serviços receptivos de turismo; a pesquisa realizada com os turistas e visitantes; a identificação do perfil da população local, moradores e proprietários rurais. Os resultados revelam a existência de atrativos naturais e culturais na área, o interesse e a disposição da população local no turismo, a demanda turística, bem como a existência de iniciativas e empreendimentos turísticos emergentes. Os resultados da pesquisa propiciaram a elucidação de um panorama positivo e de perspectivas favoráveis ao desenvolvimento turístico do município, por meio da definição de políticas, planos, programas e projetos específicos de turismo. A análise dos resultados apresentados permitiu a proposição de recomendações estratégicas para o planejamento da atividade turística, visando ao seu desenvolvimento e à sua gestão sustentável na região.

Biografia do Autor

Frederico Yuri Hanai, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), São Carlos/SP, Brasil

Frederico Yuri Hanai é professor Adjunto no Curso de Gestão e Análise Ambiental da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Possui pós-doutorado pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC/USP), é doutor em Ciências da Engenharia Ambiental e mestre em Hidráulica e Saneamento pela Universidade de São Paulo (EESC/USP), especialista em Educação Ambiental e Recursos Hídricos pelo Centro de Recursos Hídricos e Ecologia Aplicada (CRHEA/EESC/USP), especialista em Ecoturismo, Educação e Interpretação Ambiental pela Universidade Federal de Lavras e Engenheiro pela EESC/USP.

Evaldo Luiz Gaeta Espíndola, Universidade de São Paulo (USP), São Carlos/SP, Brasil

Professor Livre Docente - Escola de Engenharia de São Carlos – EESC – Universidade de São Paulo – USP

Downloads

Publicado

2012-08-27

Edição

Seção

Artigos originais