Zona rural de Pelotas: desenvolvimento para o turismo

Autores

  • Rejane Cruz Teixeira

Palavras-chave:

Pelotas, Turismo, Sustentabilidade, Desenvolvimento

Resumo

Este artigo visa apontar as potencialidades dos atrativos e empreendimentos turísticos da zona rural de Pelotas, sugerindo algumas propostas para minimizar os pontos fracos e desenvolvê-los de forma sustentável. Primeiramente, foi realizado um estudo sobre a vivência adquirida no estágio em Planejamento na Zona Rural, diante as potencialidades e carências, em busca de minimizá-las, através de alternativas para o espaço rural como o Programa Pelotas Colonial. A seguir, são apresentados dados históricos coletados através de pesquisa bibliográfica da colonização local, em busca de resgate da cultura, para evidenciá-la como uma das potencialidades a ser explorada pelos próprios imigrantes, o que faz tornar a zona rural uma fonte de culturas coloniais de artesanato de arquitetura de gastronomia e atividades diversas segmentadas. Também são apresentadas as características de cada distrito e seus produtos turísticos. Por fim, são sugeridas normas de condutas para utilização dos atrativos no espaço rural com mínimos impactos, possibilitando aos empreendimentos turísticos melhor conservação das áreas de lazer abertas

Biografia do Autor

Rejane Cruz Teixeira

Acadêmica do Curso Superior de Turismo Cultural da Universidade Católica de Pelotas

Downloads

Publicado

2006-09-26

Edição

Seção

Artigos originais