Avaliação da qualidade dos serviços turísticos em cervejarias artesanais de Campina Grande – PB: um estudo multicritério

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18472/cvt.24n1.2024.2118

Palavras-chave:

Qualidade de serviços turísticos, Cervejarias artesanais, TOURQUAL, Analytic Hierarchy Process (AHP), Brewpub

Resumo

O segmento do turismo cervejeiro (TC) desponta como uma das áreas mais promissoras para crescimento no Brasil e no Mundo. Porém, para que o crescimento ocorra de forma correta, se faz necessário avaliar os serviços que são ofertados nas cervejarias, especialmente nos Brewpubs com produção de cerveja artesanal e espaço para consumo no local. Este estudo teve como objetivo avaliar a qualidade dos serviços turísticos em cervejarias artesanais na cidade de Campina Grande, no estado da Paraíba, por meio da aplicação do método Analytic Hierarchy Process (AHP). A metodologia envolveu a estruturação do problema, a identificação dos critérios do Tourqual e a comparação entre as cervejarias com base nos critérios estabelecidos. Foram selecionadas três cervejarias artesanais que oferecem serviços de visitação turística e operam no modelo de brewpub. Os principais dados encontrados revelaram que a CV3 obteve o melhor desempenho global, seguida pela CV2 e CV1. Os resultados indicaram que a CV3, com sua tradição no mercado e sabores peculiares, se destacou entre as demais cervejarias. A CV2, mesmo sendo relativamente nova, apresentou qualidade turística significativa, especialmente nas áreas de degustação, acomodação e acesso. A CV1, a cervejaria mais recente, demonstrou um potencial de crescimento e aprimoramento. Conclui-se que a avaliação da qualidade dos serviços turísticos em cervejarias artesanais fornece insights valiosos para gestores e proprietários no aprimoramento da experiência do turista. A aplicação dessas ferramentas permitiu uma avaliação mais precisa da qualidade dos serviços turísticos, levando em consideração os critérios específicos do setor.

Referências

Barreto, M. (2007). Cultura e turismo: Discussões contemporâneas. São Paulo: Papirus.

Barroco, L. M. S., & Barroco, H. E. (2008). A importância da gastronomia como patrimônio cultural, no turismo baiano. TURYDES: Revista sobre Turismo y Desarrollo local sostenible, 1(2), 4.

Beber, A. M. C., & Gastal, S. (2020). Turismo, cotidianos e comida. PASOS Revista de Turismo y Patrimonio Cultural, 18(2), 207-217.

Bizinelli, C., Manosso, F. C., Gândara, J. M. G., & Valduga, V. (2013). Experiências de turismo cervejeiro em Curitiba, PR. Rosa dos Ventos, 5(2), 349-375.

BRASIL. GOV BR, 2023. IBGE confirma atividade turística como importante indutora da economia brasileira. Disponível em: <https://www.gov.br/turismo/pt-br/assuntos/noticias/ibge-confirma-atividade-turistica-como-importante-indutora-da-economia-brasileira> Acesso em: 06 mar. 2023.

Coelho-Costa, E. R. (2015). A bebida de Ninkasi em terras tupiniquins: O mercado da cerveja e o Turismo Cervejeiro no Brasil. RITUR-Revista Iberoamericana de Turismo, 5(1), 22-41.

Costa, E. R. C. (2019). Turismo cervejeiro no Brasil: uma realidade?. Turismo e Sociedade, 11(2).

Cohen, E., & Avieli, N. (2004). Food in tourism: Attraction and impediment. Annals of Tourism Research, 31(4).

De Santana, J.C., Maracajá, K.F.B. & De Araujo Machado, P. (2020). Avaliação de serviços no turismo: um mapa conceitual da teoria à prática, Revista Turismo em Análise, 31(3), 499-517.

Espeitx, E. (2004). Patrimonio alimentario y turismo: Una relación singular. PASOS - Revista de Turismo e Património cultural, 2(2), 193-213.

Faucão, J.A. & Galvão, A.P. (2012). Avaliação da qualidade na prestação dos serviços turísticos da agência de viagem Teltur viagens e turismo, Natal (RN), na escala SERVPERF. Simpósio Internacional de Projetos SINGEP.

Ferreira, J.C.V. (2020). Turismo: encruzamentos de cultura, memória e desenvolvimento: uma introdução. Arquivos do CMD, 8(1), 10-22.

Flores, C. B. (2009). La producción artesanal. Visión Gerencial, 1, 37-52.

Fonte Filho, R. R. D. D. (2023). Aplicação do modelo de Kano para avaliação das necessidades dos clientes consumidores de cervejas tipo Pilsen (Bachelor's thesis).

Francioni, J.L. (2012). Beer Tourism: a visitor and motivational profile for North Carolina Craft Breweries. (Dissertação). Master of Science, University of North Carolina, Greensboro.

Gimenes-Minasse, M. H. S. G., Lyra, M., & Santos, R. (2016). Turismo Cervejeiro no Estado de São Paulo: análise e caracterização do cenário atual. Anais do Seminário da ANPTUR.

Goeldner, C.R. & Ritchie, J.R.B. (2006). Tourism: Principles, practices, philosophies (10th ed.) John Wiley & Sons.

Gomes, C.C. & Marcusso, E. F. (2022). Turismo e territorialidade: o território de cerveja da região serrana do Rio de Janeiro como vetor da governança e do desenvolvimento local. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, São Paulo.

Hall, C. M., Sharples, L., Mitchell, R., Macionis, N., & Cambourne, B. (Eds.). (2004). Food tourism around the world. Routledge.

Hall, C. M., & Sharples, L. (2008). Food and wine festivals and events around the world: Development, management and markets. Routledge.

Hernández Fierro, T. V. (2018). Propuesta de mejoramiento de calidad en el área de servicio del restaurante Bandidos del Páramo Brewpub, en Quito (Bachelor's thesis, Quito: Universidad de las Américas, 2018).

Holguín Mattos, H. A., Maldonado Guevara, J. F., Rodríguez Rodríguez, H. R., & Saldívar Vásquez, E. (2020). Plan de negócio para la implementación de un brewpub de cerveza artesanal con maridaje en la ciudad de Piura.

IBGE, GOV BR, 2023. PIB varia -0,2% no quarto trimestre e fecha em 2022 em 2,9%. Disponível em: <https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/36372-pib-varia-0-2-no-quarto-trimestre-e-fecha-2022-em-2-9> Acesso em: 06 mar. 2023.

Jolliffe, L., & Aslam, M. S. (2009). Tea heritage tourism: evidence from Sri Lanka. Journal of Heritage Tourism, 4(4), 331-344.

Juran, J. M. (1992). Planejamento para a qualidade. São Paulo: Ed. Pioneira.

Karim, S. & Chi, C. (2010). Culinary tourism as a destination attraction: An empirical examination of destinations’ food image. Journal of Hospitality Marketing & Management, 19, 531-555.

Leal, S. R., & Almeida, S. D. L. (2015). Turismo cervejeiro no Brasil: um segmento em crescimento. Produtos Turísticos e Novos Segmentos de Mercado: planejamento, criação e comercialização. São Paulo: Ed. Manole.

Madariaga Pizarro, D. P. V. (2022). Diseño de un modelo de negocios para la producción y comercialización de una cerveza artesanal en el Valle del Elqui.

Magalhães, P. G. F. (2019). A influência da atmosfera de um brewpub na experiência sensorial de consumo de cerveja artesanal (Doctoral dissertation).

Maracajá, K.F.B., Batista Schramm, V., Schramm, F. & Valduga, V. (2022). A multicriteria model for evaluation of Brazilian wineries from a tourism destination perspective, International Journal of Wine Business Research, 34 (1), 52-68.

Minasse, M.H., De Oliveira, M. L., & Dos Santos, R. P. (2016). Turismo cervejeiro no estado de São Paulo (BR): uma análise exploratória. TURYDES: Revista sobre Turismo y Desarrollo local sostenible, 9(21), 49.

Mondo, T.S. (2014). TOURQUAL: Proposta de um modelo de avaliação da qualidade de serviços turísticos em atrativos turísticos. Tese. Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. 402.

Mondo, T. S., Talini, M. C., & Fiates, G. G. S. (2016). A qualidade de serviços em atrativos turísticos de Florianópolis à luz da teoria do turismo de experiência. Revista de Turismo Contemporâneo, 4(2).

Larousse da cerveja. São Paulo: Larousse do Brasil, 2009.

Munhoz, J. P., Paixão, D. L. D., Caldas, L. M., & Molteni, A. D. C. (2022). Rotas de bebidas e turismo cervejeiro: atratividade e caracterização das microcervejarias artesanais do Paraná-Brasil. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, 16, e-2249.

Niester, J. (2008). Beer, Tourism and Regional Identity Relationships between beer and tourism in Yorkshire, England. (Dissertação de Mestrado). Master of Applied Environmental Studies in Local Economic Development - Tourism Policy and Planning. Waterloo, Ontario, Canada.

Nunes, S. P. M. (2012). Turismo no espaço rural na Região Autónoma da Madeira: um estudo para o desenvolvimento de um sistema de gestão de qualidade no setor (Doctoral dissertation, Universidade da Madeira (Portugal)).

Plummer, R., Telfer, D., Hashimoto, A. & Summers, R. (2005). Beer tourism in Canada along the Waterloo-Wellington Ale Trail. Tourism Management, 447-458.

Plummer, R., Telfer, D. & Hashimoto, A. (2006). The Rise and Fall of the Waterloo-Wellington Ale Trail: A Study of Collaboration within the Tourism Industry. Current Issues in Tourism, 191-204.

Richards, G. (2009). Turismo Cultural: Padrões e implicações. UESC: Bahia, 25-48.

Saaty, T.L. (1990a). How to make a decision: the analytic hierarchy process, European Journal of Operational Research, 48 (1), 9-26.

Saaty, T.L. (1990b). Decision Making for Leaders: The Analytic Hierarchy Process for Decisions in a Complex World, RWS publications.

Saaty, T. L. (1996). Decision making with dependence and feedback: The analytic network process (Vol. 4922, No. 2). Pittsburgh: RWS publications.

Santos, S. P. dos. (2004). Os primórdios da cerveja no Brasil. 2. ed. - Cotia: Ateliê Editorial.

SINDICERV, 2023. Dia Nacional do Turismo: rotas cervejeiras ganham força e impulsionam a economia local. Disponível em: <https://www.sindicerv.com.br/noticias/dia-nacional-do-turismo-rotas-cervejeiras-ganham-forca-e-impulsionam-a-economia-local/> Acesso em: 14 mar. 2023.

Tavolara, G. (2006). Sistemas de avaliação e produto turístico: Um estudo de caso exploratório nas operadoras turísticas do município de Porto Alegre. Dissertação. Universidade de Caxias do Sul. Programa de pós-graduação em turismo, 2006.

Ueda, V. (2004). Território, desenvolvimento local e turismo: discutindo conceitos. Seminário de Pesquisa em Turismo do Mercosul, 2.

Urry, J., & Larsen (2022). O olhar do turista 3.0. ed. Sesc SP.

Downloads

Publicado

2024-04-25

Como Citar

Maracajá, K. F. B., & Diniz, C. S. (2024). Avaliação da qualidade dos serviços turísticos em cervejarias artesanais de Campina Grande – PB: um estudo multicritério. Caderno Virtual De Turismo, 1(1), 36–54. https://doi.org/10.18472/cvt.24n1.2024.2118

Edição

Seção

Artigos originais