Gentrificação em Fernando de Noronha

Autores

  • Davi Pinheiro de Oliveira Universidade de Fortaleza - Unifor
  • Fábio Freitas Schilling Marquesan Universidade de Fortaleza - Unifor

DOI:

https://doi.org/10.18472/cvt.19n1.2019.1334

Palavras-chave:

Gentrificação, Fernando de Noronha, Turismo, Unidade de conservação.

Resumo

A gentrificação é um processo que provoca desapropriações, aumento do preço dos aluguéis e dos custos de vida, diminuição na quantidade de moradias com preço acessível, crescimento dos moradores de rua e de conflitos urbanos. A gentrificação não é mais um fenômeno exclusivo das grandes metrópoles de países desenvolvidos e avançou nas últimas duas décadas sobre as economias menos pujantes com a mesma agressividade apresentada nos países onde a teoria teve origem (nomeadamente, europeus e Estados Unidos). Tomando como pressuposto a ideia de que está ocorrendo um processo de gentrificação na Ilha de Fernando de Noronha/ PE, o presente trabalho tem como objetivo caracterizar o processo de gentrificação na ilha por meio de uma pesquisa qualitativa
básica. A gentrificação em Fernando de Noronha se mostra única e com particularidades que derivam da sua economia com base no turismo e por ser uma unidade de conservação.

Biografia do Autor

Davi Pinheiro de Oliveira, Universidade de Fortaleza - Unifor

Mestre em Administração de Empresas Programa de Pós-Graduação em Administração Universidade de Fortaleza - Unifor

Fábio Freitas Schilling Marquesan, Universidade de Fortaleza - Unifor

Professor Adjunto Programa de Pós-Graduação em Administração Universidade de Fortaleza - Unifor

Downloads

Publicado

2019-08-14

Como Citar

de Oliveira, D. P., & Marquesan, F. F. S. (2019). Gentrificação em Fernando de Noronha. Caderno Virtual De Turismo, 19(1). https://doi.org/10.18472/cvt.19n1.2019.1334

Edição

Seção

Artigos originais