Hostel: o estado da arte e considerações para futuras pesquisas

Autores

  • Álvaro Augusto Dealcides Silveira Moutinho Bahls Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Balneário Camboriú, SC, Brasil http://orcid.org/0000-0002-9049-5777
  • Yára Christina Cesário Pereira Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Balneário Camboriú, SC, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.18472/cvt.17n3.2017.1142

Palavras-chave:

Hostel, Turismo Backpacker, Hospitalidade.

Resumo

Os hostels são um tema carente de aprofundamento científico. Esse meio de hospedagem alternativo possui características que o diferenciam dos tradicionais. Não há, atualmente, uma classificação oficial sobre ele, por parte do Ministério do Turismo. Tem-se como objetivo principal apontar as lacunas de estudo existentes e sugerir áreas de pesquisa que auxiliem na disseminação dos hostels e em sua futura classificação. Isso é cumprido por meio do levantamento do estado da arte sobre o tema hostel, realizado entre os meses de agosto de 2013 e novembro de 2014, em um recorte temporal de 25 anos. As palavras-chave usadas foram: hostel e turismo backpacker. Essa coleta resultou em um total de 66 referências científicas. Conclui-se que, apesar de embrionário, o tema de estudo mostra-se promissor, com trabalhos concisos. No entanto, as áreas de pesquisa focam-se na gestão, marketing e público-alvo do tema, enquanto que os aspectos históricos, filosóficos e de conceptualização ainda não foram abordados coerentemente. Sugere-se que, anteriormente à produção científica sobre a gestão desse meio de hospedagem, seja incentivado o estudo sobre o conceito de hostel, principalmente no Brasil.

Biografia do Autor

Álvaro Augusto Dealcides Silveira Moutinho Bahls, Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Balneário Camboriú, SC, Brasil

Graduado em Turismo e Hotelaria pela Universidade do Vale do Itajaí (2003), com estágio de conclusão do curso em Snowshoe Mountain Resort USA. Possui experiência profissional internacional, incluindo 04 temporadas de inverno em Resorts nos EUA. Ênfase foi dada à gastronomia e ao lazer e recreação (ensino do esqui), sendo este seu primeiro contato com a pedagogia. Atuou na área de intercâmbios universitários no exterior, através da Intercultural (com sede em Florianópolis). Foi representante da mesma na UNIVALI, através da Agência Acadêmica de Turismo ACATUR. Residiu na Rep. Tcheca, em Cesky Krumlov (patrimônio histórico mundial da UNESCO), onde administrou o Hostel 99, principal meio de hospedagem do gênero neste importante destino turístico. Foi professor de inglês do Centro de Cultura Anglo-Americana durante dois anos, sendo esse seu segundo contato com a pedagogia. Conclui o curso de Mestrado em Turismo e Hotelaria (UNIVALI) em julho de 2015, com a dissertação intitulada HOSTELS: Proposta conceitual, análise socioespacial e panorama atual em Florianópolis (SC). Atualmente é doutorando em Turismo & Hotelaria, Bolsista Integral da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e atua como editor do periódico internacional Applied Tourism (UNIVALI).

Yára Christina Cesário Pereira, Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Balneário Camboriú, SC, Brasil

Pós-doutora em Educação Ambiental pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande (PPGEA-FURG) 2013. Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2004) e mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996). Especialização em Supervisão Educacional pela PUC MG (1991). Formação Inicial em Ciências Biológicas pela FURB (1977) e Pedagogia - Supervisão Escolar pela UNIVALI (1989). Atualmente é professora titular da Universidade do Vale do Itajaí. Membro do Grupo de Pesquisa Educação, Estudos Ambientais e Sociedade - GEEAS, vinculado ao PPGE da Univali e GEPES/UNIVALI Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior - GEPES/Univali - Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior. A pesquisa, ensino e extensão também fazem parte do Programa de Iniciação à Docência - PIBID, no qual atua na função Coordenadora de Gestão. Atuação como tutora no PROESDE LICENCIATURA/2015/2016 - CURSO DE Extensão; Organização Curricular da Educação Básica Catarinense continua como tutora no PROESDE 2017. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Ambiental (EA) atuando principalmente nos seguintes temas: Prática docente; formação inicial e continuada de professores que atuam na Educação Básica; formação inicial e continuada de educadores ambientais na escola e na universidade; políticas públicas para EA metodologia de ensino, orientações metodológicas, produção e avaliação de atividades e materiais pedagógicos. Na área da formação geral em educação tem como foco: processos de ensino e aprendizagem, planejamento educacional, propostas curriculares para a Educação Básica (Anos Iniciais, Anos Finais do Ensino Fundamental; Ensino Médio. EJA); estratégias de ensino; currículo, avaliação escolar. Assessoria e consultoria na elaboração de Propostas Curriculares e Projetos Políticos Pedagógicos em diversas redes de ensino.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Como Citar

Bahls, Álvaro A. D. S. M., & Pereira, Y. C. C. (2018). Hostel: o estado da arte e considerações para futuras pesquisas. Caderno Virtual De Turismo, 17(3). https://doi.org/10.18472/cvt.17n3.2017.1142

Edição

Seção

Artigos originais