Áreas protegidas, uso e ocupação do solo, qualidade de vida e turismo no litoral norte paulista: algumas reflexões sobre o município de Ubatuba

Autores

  • Sônia Regina da Cal Seixas Barbosa Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais - NEPAM - Universidade Estadual de Ca
  • Cessimar de Campos Formagio UFSCar
  • Rebeca Veiga Barbosa Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais - NEPAM - UNICAMP

Palavras-chave:

áreas protegidas, uso e ocupação do solo, litoral norte paulista, Ubatuba e qualidade de vida.

Resumo

O Litoral Norte Paulista compreende a faixa que se estende do canal de Bertioga a Ubatuba, permeando os municípios de São Sebastião, Ilhabela e Caraguatatuba. Possui 161 km de extensão e grande biodiversidade. A maior parte da Mata Atlântica do Estado de São Paulo encontra-se na região, porém da vegetação nativa restam apenas 8% de sua cobertura original. O objetivo deste artigo é analisar algumas das transformações socioambientais e culturais, ocorridas no Litoral Norte Paulista, especialmente no município de Ubatuba, nas últimas décadas, decorrentes da abertura de estradas, especulação imobiliária, turismo em massa, e as novas configurações territoriais, que foram sendo concebidas a partir da regulamentação das Unidades de Conservação Ambiental na região. Acredita-se que todas essas mudanças interferiram na qualidade de vida e nas formas de organização da população do município, principalmente das comunidades caiçaras. Essas reflexões tiveram como suporte empírico pesquisa desenvolvida no Litoral Norte Paulista, financiada pela Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo, no período de 2005 a 2009. Para tanto se utilizou como estratégias metodológicas levantamento bibliográfico, consulta a documentos históricos e geográficos, observação participante do cotidiano dos moradores e de suas estratégias de organização, entrevistas qualitativas com representantes do poder público local, com moradores e com lideranças comunitárias.
Palavras-chave: Áreas protegidas; Uso e ocupação do solo; Turismo; Litoral norte paulista; Ubatuba; Qualidade de vida.

Abstract:
The northern seaboard of the State of São Paulo is made up of the strip of land that extends from the Bertioga canal to Ubatuba, permeating the municipalities of São Sebastião, Ilhabela, and Caraguatatuba. Has 164 beaches long and rich biodiversity. Most of the Mata Atlântica is located in the northern seaboard, but the native vegetation there are only 8% of its original cover. The objective of this article is to analyze some of the environmental and cultural transformations that occurred on this coast, especially in the municipality of Ubatuba, in recent decades due to the opening of roads, land speculation, mass tourism, among the most significant, and a new territorial configurations, have been designed from the regulations of the Environmental Conservation Units in region. It is believed that all these transformations interfere with the quality of life and forms of organization of the city population, mainly the caiçaras (traditional people). These reflections have empirical support research carried out on this coast, supported by Fundação de Amparo a Pesquisa do estado de São Paulo for the period 2005 to 2009. The focus was on strategies methodological literature, refers to historical and geographical documents, participant observation of everyday life of residents and their organizational strategies, qualitative interviews with representatives of local government, with residents and community leaders.
Key-words: Protected areas; Use and Occupation of the land; Tourism; Northern seabord of São Paulo; Ubatuba; quality of life.

Biografia do Autor

Sônia Regina da Cal Seixas Barbosa, Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais - NEPAM - Universidade Estadual de Ca

Pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais - NEPAM-UNICAMP, professora do Doutorado Ambiente & Sociedade NEPAM-IFCH-UNICAMP e do Programa de Pós-gradução em Planejamento de Sistemas Energéticos - FEM-UNICAMP.

Cessimar de Campos Formagio, UFSCar

Cientista Social, bolsista TT III FAPESP-NEPAM-UNICAMP, janeiro a julho de 2008. Mestranda em Sociologia, UFSCar

Rebeca Veiga Barbosa, Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais - NEPAM - UNICAMP

Bióloga, Bolsista Treinamento Técnico (III) – FAPESP - NEPAM-UNICAMP.

Downloads

Publicado

2010-08-25

Como Citar

Barbosa, S. R. da C. S., Formagio, C. de C., & Barbosa, R. V. (2010). Áreas protegidas, uso e ocupação do solo, qualidade de vida e turismo no litoral norte paulista: algumas reflexões sobre o município de Ubatuba. Caderno Virtual De Turismo, 10(2). Recuperado de https://www.ivt.coppe.ufrj.br/caderno/article/view/439

Edição

Seção

Artigos originais