Processo de análise hierárquica para definição do melhor destino turístico de Pernambuco

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18472/cvt.23n2.2023.2075

Palavras-chave:

Turismo, Demanda, Hierarquização.

Resumo

O turismo é uma importante ferramenta de desenvolvimento socioeconômico de uma comunidade, pois promove a geração de emprego, renda, qualificação profissional, atração de investimentos em infraestrutura e arrecadação de impostos. Em Pernambuco, a atividade se concentra principalmente na zona litorânea devido ao destaque do segmento turístico de Sol e Praia. Isso resulta na convergência de grande parte dos fluxos turísticos, assim como investimentos dos setores público e privado na região. Portanto, o turismo deve ser planejado e executado de maneira descentralizada, com foco na promoção do crescimento regional, do litoral ao sertão do estado. Para esse fim, o presente trabalho tem como objetivo analisar e hierarquizar os critérios que melhor representam as demandas dos turistas na escolha do destino turístico em Pernambuco. Nesse sentido, foi aplicado um questionário para entender as expectativas, motivações e o perfil dos turistas e, com base nesses resultados, foram eleitos os principais critérios a serem analisados por especialistas da área, através do método Analytic Hierarchy Process - AHP, que auxilia na tomada de decisão a partir da lógica matemática. Os resultados das matrizes AHP elegeram os três critérios mais importantes, utilizados para a análise comparativa dos 35 municípios divulgados como os principais destinos turísticos do estado na campanha “Bora Pernambucar”. Três destinos apresentaram a melhor pontuação, caracterizados por: oferta de atividades emocionantes, como turismo de aventura, grande diversidade de atrativos naturais e culturais e ações de marketing digital na sua divulgação/comercialização. A matriz final projetou Fernando de Noronha como melhor destino turístico de Pernambuco.

Biografia do Autor

Thales Ramon de Queiroz Bezerra, Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), Recife, PE

Possui graduação em Engenharia de Pesca (1993 / 1998), mestrado (2008 / 2010) e doutorado (2010 / 2014) em Recursos Pesqueiros e Aquicultura pela Universidade Federal Rural de Pernambuco. Foi professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN, campus Macau (2010 - 2011), e da Paraíba - IFPB, campus Cabedelo, onde foi coordenador do curso Técnico em Pesca/Recursos Pesqueiros (2011 - 2013). Desde 2014 é professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco - IFPE, campus Recife, no curso superior em Tecnologia de Gestão Ambiental (2014 - 2016); curso Técnico em Administração, campus Paulista (2017); curso superior em Tecnologia de Turismo (2015 - atual). Foi editor chefe da Revista Caravana: diálogos entre extensão e sociedade da Pró Reitoria de Extensão - PROEXT (2014 - 2017); coordenador de Extensão Rural da Pró Reitoria de Extensão - PROEXT (2014 - 2016). Possui experiência na área de aquicultura, com ênfase em carcinicultura, piscicultura marinha, gestão ambiental, viabilidade econômica para aquicultura e uso de sistema de informação geográfica - SIG. Trabalhou como consultor técnico em empreendimentos de criação de camarão marinho na elaboração e gerenciamento de projetos. Trabalhou em empresa de pesca industrial de atuns e afins.

Alyson Souza Lima, Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), Recife, PE

Graduado em Gestão de Turismo pelo IFPE.

Downloads

Publicado

2023-08-28

Como Citar

Bezerra, T. R. de Q., & Lima, A. S. (2023). Processo de análise hierárquica para definição do melhor destino turístico de Pernambuco. Caderno Virtual De Turismo, 23(2), 59–79. https://doi.org/10.18472/cvt.23n2.2023.2075

Edição

Seção

Artigos originais