Aumento de público em museus: a visitação turística como realidade controversa

Autores

  • Karla Estelita Godoy Universidade Federal Fluminense (UFF), Niterói, RJ, Brasil
  • Marina Marins Morettoni Universidade Federal Fluminense (UFF), Niterói, RJ, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.18472/cvt.17n2.2017.1163

Palavras-chave:

Turismo, Museus, Controvérsias.

Resumo

Os museus recebem público crescente e heterogêneo, e o turismo representa para essas instituições importante incremento dos fluxos de visitação. O número de visitantes é compreendido como fator de sucesso para muitos museus, e o binômio turismo-museu se estabelece como relação estreita e atrativa para diversas instituições museológicas. Contudo, essa premissa pode-se apresentar de forma controversa, uma vez que o entendimento sobre o turismo em museus tende a desconsiderar aspectos relevantes quanto à experiência da visitação e à prática da respectiva atividade nessas instituições. Assim, o presente artigo objetiva apresentar tais controvérsias, identificando pontos de aproximação e conflito entre o discurso e a prática da atividade turística que se efetivam nos espaços museais e investigando até que ponto o aumento de público oriundo da visitação turística pode ser considerado fator que gere, exclusivamente, benefícios para os museus. Com base em pesquisas que vêm sendo desenvolvidas há cinco anos, o estudo se apoia metodologicamente na Cartografia das Controvérsias, de Bruno Latour, e aponta resultados obtidos, segundo análises da realidade enfrentada por museus, na contemporaneidade.

Biografia do Autor

Karla Estelita Godoy, Universidade Federal Fluminense (UFF), Niterói, RJ, Brasil

Subcoordenadora do Programa de Pós-Graduação em Turismo / PPGTUR, da Universidade Federal Fluminense; Professora Adjunta IV do Departamento de Turismo, da Faculdade de Turismo e Hospitalidade da UFF; Coordenadora do Grupo de Pesquisa Turismo, Cultura e Sociedade - T-Cult/UFF; Possui Bacharelado em Museologia; Mestrado em Memória Social; Doutorado em Políticas Públicas e Formação Humana; Pós-doutorado em Antropologia.

Marina Marins Morettoni, Universidade Federal Fluminense (UFF), Niterói, RJ, Brasil

Bacharel em Turismo, pela Universidade Federal Fluminense. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa Turismo, Cultura e Sociedade - T-Cult/UFF.

Downloads

Publicado

2017-12-08

Como Citar

Godoy, K. E., & Morettoni, M. M. (2017). Aumento de público em museus: a visitação turística como realidade controversa. Caderno Virtual De Turismo, 17(2). https://doi.org/10.18472/cvt.17n2.2017.1163

Edição

Seção

Artigos originais