Políticas Editoriais

Foco e Escopo

O Caderno Virtual de Turismo (CVT) é um periodico cientifico dedicado à divulgacao eletronica de artigos originais e resenhas criticas de estudos voltados para o debate do turismo como vetor de desenvolvimento social. Em seu escopo tematico, propoe uma visao multidisciplinar do fenomeno turistico, reconhecendo suas implicacoes nas dimensoes ambiental, social, economica, historica, cultural, politica e institucional da sustentabilidade, fundamentais para o desenvolvimento social.

O CVT começou a ser publicado em 2001 pelo Laboratório de Tecnologia e Desenvolvimento Social, vinculado ao Programa de Engenharia de Producao da COPPE/UFRJ e desde o inicio de suas atividades defende uma politica de livre acesso a todo o conteudo publicado pelo periodico, por meio de seu website. Em 2016, iniciamos um novo e importante ciclo na gestão do periódico a parceria com o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS) e o Programa de Pós-Graduação em Turismo da Universidade Federal Fluminense (PPGTur/UFF).

Com periodicidade quadrimestral, suas edicoes são lancadas ao final dos meses de abril, agosto e dezembro. Tem como publico alvo pesquisadores, professores, estudantes, de graduacao e pos-graduacao, bem como profissionais e formuladores de politicas publicas interessados no campo tematico do turismo.

O CVT esta aberto a submissoes de dois tipos: artigos originais e resenhas de livros. Em ambos os casos o processo de submissao deve ser iniciado e acompanhado pelo website do periodico, onde estão disponiveis todas as diretrizes para os autores. Aceitamos manuscritos nos idiomas português, inglês e espanhol.

Sua politica editorial tem como alicerce o processo de duplo parecer cego (double blind peer-review), onde um grupo de pareceristas, todos com titulo de doutor, avalia todo o conteudo submetido para publicacao do periodico sem ter conhecimento de seus autores.

 

Políticas de Seção

Editorial

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Galeria de Fotos

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos originais

Os artigos originais se caracterizam por uma contribuição destinada a divulgar resultados de pesquisa inédita.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas de livros

As resenhas de livros se caracterizam como contribuição apresentam análise crítica de livros da área temática do periódico.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Dossiê temático

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares


Revisão por pares

O processo de revisão é baseado no conceito de duplo parecer cego (double blind peer-review), em que pareceristas, todos com titulo de doutor, avaliam todo o conteúdo submetido para publicacao do periodico sem ter conhecimento de seus autores.

 

Avaliadores

Possuímos um banco de dados de avaliadores nacionais e internacionais, além de alguns pesquisadores que não possuem vínculo com instituições, porém possuem grande experiência na área do turismo e outros temas relacionados ao turismo.

Anualmente, a partir de 2016, emitimos uma nominada de participação dos avaliadores em todas as primeiras edições dos volumes com seus respectivos nomes e vínculo institucionais (disponível na edição completa do periódico).

 

Processo de avaliação

Os textos enviados ao CVT passarão por 2 avaliações. A primeira avaliação será realizada pela editoria. Analisaremos o texto a partir da revisão de dois critérios: normas de apresentação (desk review); e adequação científica ao foco e escopo do periódico (avaliação científica). A partir dessa primeira avaliação, será emitida uma decisão editorial, (1) de aprovar o texto para a avaliação por pares; (2) a de revisão do texto, adequando às normas, para uma nova apresentação e posterior envio aos pareceristas; ou (3) rejeitar o texto para publicação no CVT.

A segunda avaliação será emitida por pareceristas, todos com titulação de doutorado e com experiência reconhecida na área temática.

Os originais passam pela a avaliação de dois pareceristas. Em caso de pareceres conflitantes, um terceiro parecerista é chamado para avaliar o trabalho.

O resultado das avaliações pode ser de quatro tipos:

a) aceito na íntegra, sem restrições;

b) rejeitado – não aprovado para publicação;

c) aceito na íntegra, com algumas sugestões de mudança (neste caso não é necessário voltar para o parecerista); e,

d) Sugestões de mudança e re-envio ao parecerista. O último caso implica que a avaliação por pares constatou que o artigo poderá ser publicado se o autor fizer algumas adaptações fornecidas na avaliação. O autor pode aceitar – ou não – a sugestão. No entanto, se rejeitar, isso implicará na recusa de publicar o artigo. Caso o autor aceite as sugestões feitas pelos avaliadores, o artigo alterado será novamente submetido a uma revisão.

Os editores são responsáveis pela decisão editorial final, baseada nos pareceres sobre o texto.

 

Tempo de avaliação

Os textos recebidos são dispostos na fila de textos para avaliação. Os textos que estão a mais tempo na fila terão prioridade na avaliação.
O tempo estimado de avaliação por pares é de 90 dias.

 

O processo editorial de avaliação é conduzido pela editoria da seguinte forma: 

A editoria envia um convite para o avaliador, considerando a temática de interesse do avaliador e a temática do texto submetido. O avaliador pode aceitar ou rejeitar o convite. Aceitando o convite, é disponibilizado uma ficha de avaliação, que deverá ser preenchida e será disponibilizada aos autores junto à decisão editorial.

 
Taxa de rejeite (2017)
 
Artigos recebidos - 86
Artigos rejeitados - 31
Taxa de rejeite - 40%

 

Periodicidade

O periódico é editado com periodicidade quadrimestral e adota o sistema de fluxo contínuo tanto para a submissão quanto para a publicação dos artigos.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre ao seu conteúdo, seguindo o princípio da iniciativa Open Acces pela disponibilização gratuita do conhecimento científico ao público no ambiente digital. Além disso, não cobra taxas aos autores em nenhuma fase do processo editorial. 

 

Arquivamento

É utilizado o sistema  LOCKSS (Lots of Copies Keep Stuff Safe) para garantir a preservação segura e permanente de revista.

 

Bases Indexadoras

 

 

  

 

 

    

         

 

 

 

 

    

 

 

 

        

 

 Crossref logo

 

     

 

        

 

     

 

       

 

Fluxo do Processo Editorial

 

Indicadores

QUALIS CAPES QUADRIÊNIO 2013-2016


GOOGLE CITATION

 

**Atualização dos dados: Junho de 2018